Nem clubes de investimento resistem à crise

RIO – Os investidores que aplicam no mercado de ações por meio de clubes de investimentos estão abandonando o barco pela primeira vez em 13 anos. Em meio à crise europeia, 128 clubes foram completamente desfeitos no ano até setembro. Nem na crise financeira de 2008 esses grupos de investidores – geralmente amigos, parentes ou colegas de trabalho que aplicam unidos – marcharam para fora da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Segundo dados da BM&FBovespa, 10.600 pessoas venderam suas cotas apenas em 2011. Por trás do movimento estão as perdas do Ibovespa, índice de referência do mercado, que acumula um tombo de 22% este ano…

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/10/24/nem-clubes-de-investimento-resistem-crise-925640920.asp#ixzz1cULloA00
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.