Superstições dão sorte também no mercado de trabalhoO Dia das Bruxas (o esperado Halloween dos americanos) é tradição anglo-saxã que, aos poucos, chega ao Brasil. Mas, enquanto por aqui não é comum as pessoas saírem fantasiadas pelas ruas, as superstições nacionais seguem firmes ao longo de todo o ano e chegam, inclusive, ao mundo do trabalho – garantindo sorte e sucesso, segundo os que acreditam nelas.

Como Alan James, diretor de inovação da Biruta Ideias Mirabolantes, que tem uma superstição bem curiosa: não pode sair para uma reunião sem cortar as unhas das mãos…

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/boachance/mat/2011/10/27/supersticoes-dao-sorte-tambem-no-mercado-de-trabalho-925675927.asp#ixzz1cUKuBzE4
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.